«Instabilidade directiva nunca me fez vacilar», afirma Paulo Bento

3 jul 2000, 23:12

Internacional já fala como «leão» Paulo Bento é o mais recente reforço do Sporting. Foi ele que conseguiu juntar Roquette e Luís Duque na mesma mesa, em plena crise directiva.

Paulo Bento assumiu hoje (segunda-feira) pela primeira vez a condição de jogador do Sporting, mas confirmou que «já há acordo há algum tempo», justificando que «esta foi simplesmente considerada a melhor altura para divulgá-lo» devido à disputa do Campeonato da Europa. 

O período agitado que se vive em Alvalade, garante o ex-médio do Oviedo, não o fez pensar em arrepiar caminho: «A instabilidade directiva nunca me fez vacilar. Tive a confiança de estar a negociar com um clube como o Sporting e especialmente com uma pessoa como o doutor Luís Duque, que demonstrou grande seriedade e honestidade para comigo durante este tempo em que mantivemos contactos.» 

Dizendo-se «contente e orgulhoso por representar o Sporting», o internacional português revelou ter tido propostas de outros clubes, «nomeadamente espanhóis», e não negou que o Benfica foi hipótese para o seu futuro: «Houve de facto contactos com o Benfica, simplesmente no momento da decisão optei pelo Sporting, que me ofereceu uma boa proposta.» 

«Estou num grande clube. Vou fazer o que estiver ao meu alcance, juntamente com todos os meus colegas, para conseguirmos uma boa temporada. O Sporting passou por momentos difíceis ao longo destes anos, mas conseguiu ganhar o campeonato nesta época que terminou com todo o mérito. Foi apenas um ponto de partida para poder nos próximos anos repetir o êxito. É meu desejo e de todos os profissionais do Sporting que este título tenha sido apenas o primeiro de muitos que se repetirão no futuro.» 

O castigo de seis meses com que Paulo Bento foi punido pela UEFA afasta-o da primeira fase da Liga dos Campeões. O novo reforço leonino não esconde que «a Liga é um objectivo de qualquer jogador», mas mostra esperança de nela participar ainda em 2000/2001: «Espero jogar a partir de Dezembro, o que seria bom sinal pois quereria dizer que o Sporting passava à segunda fase e isso é o mais importante para o grupo de trabalho.» 

Paulo Bento reiterou que «o castigo foi exagerado em função do que se passou», sublinhou que «há também que saber por que é que se passou aquilo» e mostrou-se pouco inclinado a alimentar o assunto: «Vamos ver qual será a decisão da FPF em relação a um eventual recurso. Mas neste momento não quero fazer muito mais comentários sobre isso. Quero, isso sim, pensar no Sporting Clube de Portugal.»

Patrocinados