Funcionários de aeroporto "em choque": passageiro tinha gato escondido na mala

24 nov, 12:16
Gato encontrado em mala de passageiro

O caso aconteceu em Nova Iorque, Estados Unidos, e foi tornado público pelo organismo norte-americano responsável pela segurança aeroportuária

Os funcionários dos aeroportos responsáveis pela verificação da bagagem estão habituados a encontrar os mais diversos artigos dentro das malas dos passageiros e muitas vezes até objetos não autorizados, escondidos da forma mais rebuscada para que passem pelos equipamentos de controlo. Mas até para estes funcionários descobrir um animal vivo dentro de uma mala é uma situação tão rara quanto bizarra. Só que foi mesmo isto que aconteceu no aeroporto John F. Kennedy em Nova Iorque, nos Estados Unidos: um gato foi encontrado numa mala de um passageiro, quando a mala estava a ser monitorizada através da máquina de raio- X, antes de entrar no avião.

O caso foi tornado público pelo organismo norte-americano responsável pela segurança aeroportuária – a TSA, Transportation Security Administration (Administração para a Segurança dos Transportes). Numa fotografia partilhada pela própria TSA no Twitter é possível ver o pelo do animal a sair pelo fecho da mala.  O gato estava vivo e, apesar de se encontrar há várias horas fechado, não apresentava quaisquer ferimentos. A porta-voz da TSA, Lisa Farbstein afirmou à CNN Internacional que os funcionários ficaram “em choque” quando perceberam que tinham ali um animal vivo.

O dono da mala, um homem de 37 anos residente em Brooklyn, que viajava pela Delta Air Lines e acabou por perder o voo, afirmou que o gato não era seu, mas de outra pessoa que vivia com ele e que o animal teria entrado na mala às escondidas. As autoridades estavam já prontas a apresentar uma queixa contra o indivíduo, mas as explicações da dona terão demovido os oficiais.

De acordo com o New York Post, o gato chama-se Smells e a dona diz que o animal gosta de se esconder em malas e caixas. Ora, terá sido mesmo por causa disso que Smells acabou numa mala de viagem, pronto a fazer uma pequena escapadinha, numa altura em que muitos norte-americanos viajam para comemorar o Dia de Ação de Graças. 

Relacionados

Viagens

Mais Viagens

Na SELFIE

Patrocinados