Consumo de gás natural no mercado livre desce 16,8% em agosto

Agência Lusa , BCE
28 out, 13:23

A EDP mantém a liderança no segmento das pequenas e médias empresas (PME) (45%) e no segmento residencial (46,7%), registando uma descida de 0,2 e de 0,1 pontos percentuais, respetivamente, face ao mês anterior.

O consumo de gás natural no mercado liberalizado desceu 16,8%, em agosto, em termos homólogos, para 2.727 gigawatts-hora (GWh), e diminuiu 1% face ao mês anterior, divulgou esta sexta-feira a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

De acordo com o Boletim do Mercado Liberalizado de Gás Natural, o consumo mensal global no mês de agosto foi de 2.727 GWh, valor inferior ao registado no mês anterior em 1%. Relativamente ao mês homólogo, o consumo mensal global apresentou uma variação negativa de 16,8%”.

Já o consumo diário médio diminuiu também 1% relativamente ao mês anterior e 16,8% face ao mesmo mês do ano passado.

O mercado livre alcançou um número acumulado de mais de 1,3 milhões de clientes em agosto, com um crescimento líquido de cerca de 200 clientes face a julho.

Em termos de quota de mercado, a Galp manteve a posição como principal operador no mercado livre em consumo (49,7%), enquanto a EDP Comercial manteve a posição de liderança em número de clientes (48,6%), apesar da quebra registada desde agosto de 2020.

A Galp manteve também a liderança no segmento de clientes industriais (44,2%) e no segmento dos grandes consumidores (53,9%), com um decréscimo de 0,5 e de 0,3 pontos percentuais, respetivamente.

A EDP mantém a liderança no segmento das pequenas e médias empresas (PME) (45%) e no segmento residencial (46,7%), registando uma descida de 0,2 e de 0,1 pontos percentuais, respetivamente, face ao mês anterior.

Segundo a ERSE, em agosto, a concentração de mercado em número de clientes foi menor que a concentração em termos de consumo.

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados