Agência de jogadores denuncia tentativa de homicídio em residência de Ovar

4 jan, 17:31
Ovar
Ovar

Jogadores ter-se-ão refugiado na mata durante a madrugada de segunda-feira e só regressaram ao amanhecer. Caso está entregue às autoridades

PUB

A Brasil Soccer Academy, uma empresa de agenciamento de jogadores, denunciou que alguns dos seus atletas foram alvo de tentativa de homicídio na noite de domingo para segunda-feira em Ovar.

«No meio da madrugada, a residência dos nossos atletas em Ovar, distrito de Aveiro, foi invadida por marginais, que depredaram a casa, quebraram o mobiliário e atentaram contra a vida dos jogadores, com tentativa de homicídio», lê-se na denúncia feita no site e no Facebook da empresa.

PUB

A Brasil Soccer Academy diz que os criminosos entraram em casa munidos de facas, barras de ferro e outro tipo de armas brancas, proferindo insultos de teor racista e xenófobo e ameaçando de morte os jogadores.

«O pior não ocorreu, pois os nossos atletas conseguiram fugir e esconderam-se ao longo da noite nas matas, só saindo ao amanhecer», adianta.

De acordo com a empresa de representação de atletas, os criminosos são da zona, conhecidos das autoridades, e alguns deles marcam presença habitualmente nos jogos da AD Ovarense, equipa que milita no 1.º escalão dos campeonatos distritais da Associação de Futebol de Aveiro. «Esses mesmos bandidos são os que estão sempre a insultar jogadores estrangeiros que defendem o clube e ainda mais os adversários em todos os jogos. Muitas vezes presenciamos tais factos», lê-se ainda.

PUB
PUB
PUB

No mesmo comunicado, a Brasil Soccer Academy informa que já fez uma denúncia à PSP (formalizada na manhã de segunda-feira) e que já acionou uma equipa de advogados para tratar do caso.

Já nesta terça-feira, a AD Ovarense emitiu um comunicado no qual dá conta de uma tentativa de «intimidação organizada» levada a cabo por um grupo de indivíduos e que a mesma tinha como alvo um dos residentes, garantindo que quem pratique atos na natureza dos que se verificaram não é bem-vindo no clube. «Permanecemos ao lado dos nossos atletas, dos seus familiares e amigos, e esperamos que seja feita justiça de forma tão célere quanto possível.»

 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados