Rio Ave diz não ter dado sequência às queixas de assédio a pedido das atletas

29 set, 12:04
Miguel Afonso

Em causa as acusações sobre Miguel Afonso

O Rio Ave reagiu nesta quinta-feira às acusações de várias jogadoras do clube a Miguel Afonso, antigo técnico dos vilacondenses, admitindo ter tido conhecimento de «alguns comentários» e «abordagens despropositadas» do treiandor, no final da época 2020-2021, mas que terá sido por pedido das atletas que não deu seguimento às queixas. 

O clube revela ainda ter confrontado o treinador com as acusações que foram negadas por Miguel Afonso, que também já reagiu nesta quinta-feira.

Recorde-se que a notícia sobre as queixas de várias jogadoras do Rio Ave foi avançada pelo jornal Público e que a FPF confirmou ao Maisfutebol a abertura de um processo disciplinar de inquérito para investigar o caso.

O comunicado do Rio Ave:

Tendo o Rio Ave Futebol Clube tido conhecimento da notícia hoje publicada na edição do jornal Público, cumpre esclarecer o seguinte:

O treinador Miguel Afonso orientou a equipa de futebol feminino sénior do Rio Ave FC na época 2020/2021;

No final dessa época desportiva, teve o Rio Ave FC conhecimento de alguns comentários circunstanciais relatados por atletas, relativamente a alegadas abordagens despropositadas do treinador. Confrontado com o assunto, o técnico negou tais situações e, a pedido das atletas, o assunto não teve seguimento;

Ao longo da temporada, que seja do nosso conhecimento, não foi realizada qualquer queixa formal e oficial de nenhuma atleta junto das autoridades;

Pese embora o rendimento positivo da equipa nessa época desportiva, entendeu o Rio Ave FC que a gestão de grupo e as metodologias não eram consensuais e adequadas, não estando reunidas as condições para a continuidade do técnico, pelo que encerrou aí a ligação com o mesmo.

Além disso, importa ainda sublinhar que o Rio Ave Futebol Clube sempre foi intransigente com determinados valores, dos quais não abdica, como a igualdade de géneros e de tratamento, respeito, cidadania e ética profissional e humana, não se revendo em nenhuma situação que alegadamente se enquadra no tema tratado pela notícia.

O Rio Ave Futebol Clube estará sempre completamente disponível e colaborante com os organismos competentes para o total e cabal apuramento da verdade.

[artigo atualizado]

Relacionados

Patrocinados