Assédio sexual: FPF cria equipa especial de urgência para investigar caso

30 set, 18:10
Miguel Afonso (Famalicão)

Decisão do Conselho de Disciplina

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu criar uma equipa especial para se dedicar com urgência à investigação dos processos instaurados na sequência das denúncias de assédio sexual.

A informação foi transmitida por fonte oficial da FPF, um dia após as notícias sobre as denúncias de várias jogadoras do Rio Ave contra o antigo treinador do clube, Miguel Afonso.

Recorde-se que, conforme noticiado pelo Maisfutebol, o CD instaurou um processo disciplinar ao técnico, atualmente no Famalicão, com carácter de urgência nesta sexta-feira. Pouco depois, o clube minhoto comunicou que Miguel Afonso tinha sido «suspenso de funções»

De acordo com a informação da FPF, esta equipa é constituída por membros do próprio Conselho de Disciplina e da Comissão de Instrução Disciplinar da Federação.

[artigo atualização]

Relacionados

Patrocinados