Furacão Martin vai passar ao lado dos Açores sem causar estragos, garante IPMA

2 nov, 18:28
Furacão Martin

Tempestade deve terminar dentro de quatro a cinco dias

A tempestade tropical Martin, que esta quinta-feira vai passar à categoria de furacão, não vai afetar o arquipélago dos Açores ou Portugal Continental. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) explica à CNN Portugal que se trata de um "furacão normal para a época".

As palavras são de Carlos Ramalho, delegado regional para os Açores, que afirma que este fenómeno afetará apenas o Oceano Atlântico, sem ter repercussões nos sistemas que influenciam a meteorologia portuguesa, como é o caso do anticiclone dos Açores.

O furacão Martin é o sétimo do género a atingir o Atlântico em 2022, ano que tem sido marcado por menos tempestades que o normal, ainda que sejam mais agressivas.

De acordo com o instituto de monitorização de furacões no Atlântico, o furacão Martin localiza-se a cerca de 2.000 quilómetros a oeste dos Açores, com ventos máximos sustentados de 120 quilómetros por hora.

Os mapas mostram que andará sempre muito longe de territórios habitados, sendo previsível que termine dentro de quatro a cinco dias numa faixa entre a Islândia e a Irlanda.

Relacionados

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados