Quem está na lista de convidados do funeral da Rainha Isabel II – e quem ficou de fora

CNN , Max Foster, Luke McGee e Toyin Owoseje
18 set, 14:34

A CNN Portugal irá transmitir funeral da rainha em direto esta segunda-feira. Um conjunto de chefes de Estado, de Governo, membros famílias reais e celebridades estará mesmo lá. Marcelo Rebelo de Sousa chegou este domingo. Veja quem foi convidado. E que não foi.

O funeral de Estado da Rainha Isabel II terá lugar na Abadia de Westminster, em Londres, esta segunda-feira. Será uma das maiores ocasiões diplomáticas do século.

Líderes mundiais, políticos, figuras públicas e membros de famílias reais europeias, bem como mais de 500 dignitários de todo o mundo, estarão em Londres para prestar a sua última homenagem à monarca com o reinado mais longo da Grã-Bretanha, que morreu a 8 de Ssetembro com 96 anos.

Embora não tenha sido publicada uma lista oficial de convidados, foram enviados convites.

Líderes mundiais

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi um dos primeiros a confirmar a sua presença no evento, que contará com a presença de até duas mil pessoas.

"Ainda não sei os pormenores, mas irei", disse Biden aos jornalistas na sexta-feira.

O brasileiro Jair Bolsonaro e o sul-coreano Yoon Suk Yeol estão entre os presidentes presentes na cerimónia de despedida final da Rainha, após uma série de eventos cerimoniais.

O vice-presidente da China, Wang Qishan, também estará presente, confirmou o Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês - apesar dos legisladores britânicos sancionados pela China terem criticado a decisão de estender um convite a Pequim.

A recém-eleita primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, também estará presente, em luto pela monarca.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, confirmou na sua conta oficial no Twitter, na quarta-feira, que irá assistir ao funeral.

O Presidente finlandês Sauli Niinistö, e a sua mulher, Jenni Haukio, também estarão presentes, de acordo com uma declaração do gabinete presidencial da Finlândia.

Além disso, a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, estará presente.

Líderes da Commonwealth

Espera-se a presença de líderes da maioria dos países da Commonwealth, com a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, e o primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, a fazerem a viagem de quase 24 horas.

"Eu darei prioridade, evidentemente, a estar ao lado do governador-geral, cumprindo o nosso dever de representar a Nova Zelândia e transmitir as condolências de toda a nossa nação", disse Ardern à TVNZ sexta-feira. "Espero que haja uma série de líderes que queiram prestar respeito e homenagem à Rainha", acrescentou.

O Imperador japonês, Naruhito, e a Imperatriz, Masako, irão a Londres para o funeral, um movimento invulgar, que demonstra a estreita relação entre as famílias reais japonesa e britânica.

O órgão de comunicação social japonês Asahi Shimbun noticiou, citando funcionários da Imperial Household Agency, que um imperador japonês só assistiu ao funeral de um chefe de estado estrangeiro ou membro da família real numa só ocasião anterior, quando o então Imperador Akihito assistiu ao funeral do rei belga Baudouin, em 1993.

O Presidente indiano, Droupadi Murmu, assistirá ao funeral "e apresentará condolências em nome do governo da Índia", disse na quarta-feira o Ministério dos Negócios Estrangeiros do país.

O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, também prestará os seus respeitos no funeral, de acordo com uma declaração do gabinete presidencial do país.

Famílias reais europeias

Os membros de famílias reais estrangeiras também se sentarão na abadia na segunda-feira.

O Rei Felipe VI de Espanha e a sua mulher, a Rainha Letizia, estão entre os reais europeus presentes.

O antigo rei espanhol Juan Carlos I e a antiga rainha Sofia estarão presentes, disse o gabinete de imprensa da família real do país à CNN. O antigo rei é o trisneto da Rainha Vitória e primo distante da Rainha Isabel II.

O Rei Philippe e a Rainha Mathilde da Bélgica, o Rei Harald V e a Rainha Sonja da Noruega, e o Rei Carl XVI Gustaf e a Rainha Silvia da Suécia estarão também na congregação.

O Rei e a Rainha dos Países Baixos, juntamente com a antiga Rainha do país, Beatrix, que abdicou em 2013, estarão também presentes, anunciou a casa real holandesa.

E a Rainha da Dinamarca, Margrethe II, prestará a sua homenagem no funeral, de acordo com uma declaração do website oficial da família real dinamarquesa.

O Rei Abdullah II da Jordânia, que recordou a Rainha como uma "líder icónica" e um "farol de sabedoria e liderança de princípios", também estará presente.

No entanto, nem todos os líderes mundiais estão na lista de convidados.

Quem não foi convidado?

A Síria, Venezuela e Afeganistão são três dos países que ainda não foram convidados a enviar um representante, de acordo com a agência noticiosa britânica PA Media.

Representantes da Coreia do Norte e da Nicarágua foram convidados "apenas a nível de embaixadores", acrescentou a AP.

Líderes e funcionários da Rússia, Bielorrússia e Myanmar também estarão ausentes.

Embora o Presidente russo Vladimir Putin tenha escrito no Twitter as suas felicitações pela ascensão do Rei Carlos III ao trono, as relações diplomáticas entre o Reino Unido e a Rússia praticamente desabaram desde a invasão russa da Ucrânia, disse uma fonte superior do governo britânico à CNN na terça-feira.

O Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, é um aliado próximo do Presidente Putin.

Myanmar não será convidado, após um golpe de Estado no país no ano passado.

Dois deputados e dois membros da Câmara dos Lordes escreveram ao Presidente da Câmara dos Comuns, Lord Speaker, e ao ministro dos Negócios Estrangeiros, dizendo que estavam "muito preocupados" com o facto de representantes do governo da China terem sido convidados. Disseram que o convite era "extraordinário" à luz da votação do Parlamento britânico para reconhecer o tratamento dos muçulmanos uigures na China como um genocídio.

Após o funeral, a Rainha Isabel II será enterrada na Capela de St. George no Castelo de Windsor, onde os seus pais, a sua irmã, a Princesa Margaret, e o seu marido, o Príncipe Philip, também são enterrados.

 

Europa

Mais Europa

Patrocinados