Sistema de controlo de fronteiras afetado por problemas no 'datacenter' da AIMA

Agência Lusa , PP
12 mai, 23:52
Controlo nas fronteiras terrestres (Lusa/Nuno Veiga)

Problema foi revelado, através de um comunicado, pelo gabinete do secretário-geral do Sistema de Segurança Interna (SSI)

O sistema de controlo de fronteiras foi este domingo afetado devido a problemas no arrefecimento do ‘datacenter’ da Agência para a Integração Migrações e Asilo (AIMA), revelou o gabinete do secretário-geral do Sistema de Segurança Interna.

Em comunicado, o gabinete do secretário-geral do Sistema de Segurança Interna (SSI) adianta que "hoje, 12 de maio, as autoridades de fronteira (SSI/UCFE, GNR e PSP) identificaram constrangimentos na utilização do sistema de controlo de fronteiras".

No decurso destes constrangimentos e, "após uma análise detalhada e intervenção imediata, identificaram-se problemas energéticos que afetaram o arrefecimento do 'datacenter' da AIMA, no Tagus Park (Oeiras), onde os sistemas 'legacy' (herdados do antigo SEF) estão em operação".

Estes problemas "terão afetado vários sistemas de informação, incluindo alguns sistemas de controlo de fronteiras", lê-se na nota.

Face a isto, o Sistema de Segurança Interna, "em articulação com a AIMA, as forças de controlo de fronteira (GNR e PSP) e os competentes membros do Governo, deu a esta situação a máxima prioridade e urgência e está a colaborar com as entidades europeias pertinentes, seguindo os procedimentos estabelecidos para estes casos".

"Em nenhum momento esteve em causa a segurança das fronteiras externas da União Europeia nem a regularidade de entrada em território nacional", é assegurado.

Neste momento, "decorre uma intervenção técnica junto dos referidos sistemas de informação e prevê-se que seja restabelecida a normalidade nas próximas horas", é ainda referido.

País

Mais País

Patrocinados