Mbappé: «Entendo os adeptos do Real, mas espero que me compreendam»

23 mai, 15:17
Kylian Mbappé

Avançado francês explica a decisão de continuar no PSG depois de ter dito que queria sair do clube. Diz querer viver e jogar no país dele e que o projeto do clube vai mudar. «A minha história aqui não terminou»

Dois dias após o anúncio da renovação de contrato com o PSG, Kylian Mbappé compareceu numa conferência de imprensa ao lado do presidente do clube e explicou por que razões mudou de ideias e decidiu continuar em Paris.

«Foi uma decisão difícil. Eu queria ter tempo para tomar a melhor decisão possível. Não tenho problemas com a pressão. Vivo com ela desde os 14 anos. (...) Sim, eu queria sair, mas os anos são diferentes. Eu quero viver em França, é o meu país. O clube também quer mudar muitas coisas no plano desportivo. A minha história aqui não terminou», afirmou o avançado francês.

«Tomei a decisão na semana passada. Queria fazer uma surpresa, mas também queria ligar ao presidente do Real, Florentino Pérez, para lhe dar a notícia como homem honrado que pretendo ser», acrescentou.

Mbappé foi ainda questionado se a renovação de contrato com o PSG e a forma como a notícia foi recebida em Madrid significava o fim do sonho de um dia jogar no Real. «Tomei uma decisão pessoal. Estou a focar-me num novo projeto. Não sei o que acontecerá no futuro», vincou, dirigindo uma mensagem aos adeptos merengues.

«Nunca joguei no Real Madrid e agradeço aos adeptos do Real por me terem feito sentir como se fosse um deles. Compreendo a desilusão deles, mas espero que compreendam a minha decisão de continuar no meu país. Sou francês e como francês tenho o sonho de continuar cá e de ver a França e o seu campeonato lá em cima», rematou.

Patrocinados