França: Lacazette lança Lyon para a Europa

19 mai, 23:04
Alexandre Lacazette celebra no jogo entre o Lyon e o Brest (Laurent Cipriani/AP)

Segunda volta épica, a melhor na Ligue 1, vale bilhete para a Liga Europa. Nos festejos, Anthony Lopes segurou a batuta

Do inferno à Europa. Uma segunda volta absolutamente fantástica do Lyon culmina na qualificação para a Liga Europa. Se no final da primeira volta este histórico ocupava a 15.ª posição, com 16 pontos, a chegada de Pierre Sage revolucionou a temporada.

Em 17 jornadas, os «Gones» somaram 37 pontos, o melhor registo na Liga, superando até o PSG, que acumulou 36 pontos.

O triunfo na noite deste domingo, na receção ao Estrasburgo (2-1), permitiu ao Lyon subir ao sexto posto, capitalizando novo empate do Lens.

Com Anthony Lopes entre os postes, a vantagem dos anfitriões foi assegurada por Lacazette, aos 39 minutos. No segundo tempo, Habib Diarra repôs a igualdade, aos 63 minutos. A partir daí, as emoções foram ao rubro, contrastando em diversos momentos.

Ora, aos 77 minutos, Emanuel Emegha foi errático no momento de aplicar a reviravolta, desperdiçando um penálti.

Melhor sorte teve Lacazette – o herói da noite – que converteu o penálti decisivo aos 90+5m.

Assim, os «Gones» encerram a campanha na Liga no sexto lugar, com 53 pontos. Uma vez que o Lyon é finalista da Taça, diante do PSG, a segunda vaga da Liga Europa está já atribuída.

Em 22 jornadas, Pierre Sage, de 45 anos, liderou o Lyon para 15 triunfos, além de um empate e seis derrotas. Quanto a desaires caseiros, apenas aconteceram ante Lens e Rennes.

 

Numa fase em que o futuro de Anthony Lopes, há 20 anos no Lyon, permanece incerto, o internacional português liderou a festa junto dos adeptos. O guardião cresceu para o futebol na formação dos «Gones».

 

 

Lens segue para a Liga Conferência

Na receção ao Montpellier, o Lens foi incapaz de guardar a vantagem de dois golos. Os anfitriões adiantaram-se por Wahi e Deiver Machado, aos 4 e 45+2m.

No segundo tempo, relaxaram e permitiram a igualdade, aplicada por Maamma e Mincarelli, aos 58 e 74m.

Em desespero de causa, o Lens não foi capaz de retomar a dianteira do marcador, caindo para o sétimo lugar, que, ainda assim, dá direito à Liga Conferência.

Como referido, o facto de o Lyon ser finalista na Taça salvaguarda a vaga europeia do Lens.

Quanto a portugueses, David Pereira da Costa foi titular nos anfitriões.

 

Mónaco goleia Nantes

Tranquilo na vice-liderança, o Mónaco recebeu e goleou o Nantes, por 4-0. Num encontro de sentido único, Ben Yedder inaugurou o marcador à passagem do sexto minuto. Pouco depois, aos 10m, Kehrer duplicou a vantagem.

Antes da meia-hora, aos 24m, foi a vez de Mohamed Camara se juntar à lista de marcadores, capitalizando um penálti.

No segundo tempo, Bem Seghir sentenciou o encontro, aos 61m, assinando o quarto golo dos monegascos.

Colado à linha de água, o Nantes partiu para a última ronda já a salvo. Em todo o caso, foi 14.º com 33 pontos, mais quatro face a Metz e Lorient.

Terminando por onde esta peça começou, o Lyon seria campeão de França se tivéssemos apenas em conta a segunda volta da Liga. Com 37 pontos, superariam PSG (36), Mónaco (34), Lille (30) e Toulouse (29).

Relacionados

Patrocinados