"Ser aluna não deveria ser fator de risco": jovens protestam contra assédio junto à reitoria de Lisboa

7 abr, 20:26
Mais de 200 estudantes, maioritariamente mulheres, juntaram-se hoje para gritar contra o assédio no ensino superior numa manifestação que preencheu a frente da Reitoria da Universidade de Lisboa. "Assédio abafado, abaixo o patriarcado" ou "Senhor reitor, responsabilize por favor" foram duas das várias mensagens que se ouviram na Alameda da Cidade Universitária, em defesa das vítimas de assédio sexual e moral e por medidas que responsabilizem os agressores.

Educação

Mais Educação

Patrocinados