Manifestantes invadiram as residências oficiais do Presidente e do primeiro-ministro do Sri Lanka

12 jul, 10:39
Manifestantes que invadiram as residências oficiais do Presidente e do primeiro-ministro do Sri Lanka conseguiram forçá-los a demitir-se no fim-de-semana, à medida que o país se precipitava ainda mais na crise. No entanto, os manifestantes dizem que não abandonarão as casas de luxo até que ambos os líderes tenham desocupado as suas funções. O Presidente Gotabaya Rajapaksa deverá demitir-se na quarta-feira, enquanto o primeiro-ministro Ranil Wickremesinghe tweetou a sua demissão no sábado, mas não confirmou a sua data de partida.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados