Ómicron obriga a adiar o Fórum de Davos

20 dez 2021, 12:21
Fórum Económico Mundial (AP)
Fórum Económico Mundial (AP)

Reunião devia decorrer entre 17 e 21 de janeiro

PUB

O Fórum Económico Mundial decidiu adiar o encontro anual de Davos, na Suíça. A decisão surge na sequência do aumento de casos de covid-19 na Europa, com a variante Ómicron a ser a grande responsável.

A reunião, que costuma juntar os principais líderes de todo o mundo, devia decorrer entre os dias 17 e 21 de janeiro, tendo sido agora adiada, não havendo ainda uma data prevista para a sua realização, com o comunicado divulgado pela organização a referir apenas que se deverá realizar "no início do verão".

PUB

Ainda assim, os participantes que deviam marcar presença na cidade suíça vão juntar-se nas sessões Estado do Mundo, que pretende trazer os líderes mundiais para conversas a decorrerem online.

"As atuais condições pandémicas fazem com que seja extremamente difícil manter uma reunião pessoal. As preparações foram feitas de acordo com conselhos de especialistas e contaram com a mais alta colaboração do governo suíço", pode ler-se no comunicado.

Ainda assim, e mesmo com a adoção de vários protocolos sanitários, a maior transmissibilidade da Ómicron e o seu efeito nas viagens e na mobilidade mundial.

PUB
PUB
PUB

"A saúde e segurança de todos os envolvidos nas reuniões foram sempre a prioridade do Fórum", acrescentou a organização.

O Fórum Económico Mundial garante ainda que o adiamento não vai ter impacto na continuação da aproximação digital à economia.

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Economia

Mais Economia

Patrocinados