Fórmula 1: Carlos Sainz garante em Silverstone primeira «pole» da carreira

2 jul, 16:02
Carlos Sainz em Silverstone (Christian Bruna/EPA)

Espanhol brilha a fechar depois de qualificação discreta. Verstappen segundo, Leclerc terceiro e Pérez quarto. Corrida às 15 horas de domingo. Nicholas Latifi surpreende com passagem inédita à Q3, partindo de 10.º

Surpresa a fechar a qualificação em Silverstone! O piloto espanhol Carlos Sainz terminou com um brilharete a qualificação para o Grande Prémio da Grã-Bretanha, ao garantir, este sábado, a primeira "pole position" da carreira, para a 10.ª prova da temporada do Mundial de Fórmula 1.

Na última tentativa, Sainz surpreendeu a concorrência e deu um salto até à primeira posição que não mais lhe fugiu, com um tempo de 1:40.983 minutos, mais 72 milésimos de segundo do que o atual líder do Mundial e campeão do mundo, Max Verstappen, da Red Bull. Charles Leclerc (Ferrari) parte em terceiro e Sergio Pérez (Red Bull) em quarto.

Sainz é o 104.º piloto na história da Fórmula 1 a garantir uma "pole" e volta a dar à Ferrari, dez anos depois, o primeiro lugar para a grelha de partida em Silverstone, casa onde Lewis Hamilton tem dominado (o britânico da Mercedes parte em quinto). O último Ferrari a conseguir aqui a "pole" tinha sido outro espanhol, Fernando Alonso, em 2012.

A primeira metade da grelha fecha com Lando Norris, Fernando Alonso, George Russell, Guanyu Zhou (novamente na Q3 depois do Canadá) e um surpreendente Nicholas Latifi, que atingiu a Q3 pela primeira vez na carreira, depois de, minutos antes, ter alcançado a primeira Q2 da época.

Chuva a abrir e a fechar, com surpresas pelo meio

A chuva chegou antes do início da primeira sessão de qualificação (Q1) e alterou ligeiramente as circunstâncias climatéricas face ao último treino livre ao final da manhã, com os pilotos a fazerem tempos mais altos. Só Max Verstappen e Charles Leclerc baixaram ao segundo 39, numa Q1 que voltou a ser, tal como no Canadá, de desilusão para Sebastian Vettel. O piloto da Aston Martin registou o 18.º tempo e ficou eliminado, assim como o colega de equipa Lance Stroll (20.º e último), os dois Haas (Kevin Magnussen 17.º e Mick Schumacher 19.º) e o Williams de Alexander Albon, 16.º.

Albon acabou batido na zona de eliminação pelo colega de equipa Nicholas Latifi, que não só surpreendeu, como já referido, ao qualificar-se pela primeira vez esta época para a Q2, como faria um brilharete minutos depois, ao conseguir a primeira qualificação da carreira para a Q3.

Depois de, na Q1, a chuva ter abrandado a meio da sessão, aconteceu praticamente o contrário na Q2, que começou com melhores condições, agravadas à medida que a sessão se aproximou do final. Isso permitiu, por exemplo a Latifi, estabelecer um tempo que lhe valeu o 10.º lugar na Q2 e consequente apuramento para a Q3, enquanto Pierre Gasly, Valtteri Bottas, Yuki Tsunoda, Daniel Ricciardo e Esteban Ocon não conseguiram, no meio de mais chuva, melhorar e bater o tempo de Latifi e dos restantes acima, ficando por esta ordem entre os 11.º e 15.º lugares.

A corrida tem início agendado para as 15 horas de domingo.

A GRELHA DE PARTIDA EM SILVERSTONE:
1.º: Carlos Sainz (Ferrari)
2.º: Max Verstappen (Red Bull)
3.º: Charles Leclerc (Ferrari)
4.º: Sergio Pérez (Red Bull)
5.º: Lewis Hamilton (Mercedes)
6.º: Lando Norris (McLaren)
7.º: Fernando Alonso (Alpine)
8.º: George Russell (Mercedes)
9.º: Guanyu Zhou (Alfa Romeo)
10.º: Nicholas Latifi (Williams)
11.º: Pierre Gasly (AlphaTauri)
12.º: Valtteri Bottas (Alfa Romeo)
13.º: Yuki Tsunoda (AlphaTauri)
14.º: Daniel Ricciardo (McLaren)
15.º: Esteban Ocon (Alpine)
16.º: Alexander Albon (Williams)
17.º: Kevin Magnussen (Haas)
18.º: Sebastian Vettel (Aston Martin)
19.º: Mick Schumacher (Haas)
20.º: Lance Stroll (Aston Martin)

Relacionados

Patrocinados