FOTO: McLaren muda de cores no Mónaco em homenagem a Ayrton Senna

21 mai, 15:50
McLaren com as cores do Brasil em homenagem a Ayrton Senna

Carros de Lando Norris e de Oscar Piastri «pintados» com as cores do Brasil

A McLaren, histórica equipa da Fórmula 1, «pintou» o MCL38 com as cores do Brasil para o Grande Prémio do Mónaco em homenagem a Ayrton Senna, no ano em que passaram trinta anos sobre a trágica morte do piloto brasileiro.

Lando Norris e de Oscar Piastri vão, assim, conduzir um carro verde e amarelo, pintado à mão, em homenagem ao malogrado piloto que somou um recorde de seis vitórias no histórico circuito do Monaco, alcançadas entre 1989 e 1993.

O McLaren Senna tem o nome do lendário piloto e campeão de Fórmula 1 e o logótipo «Double S» de Senna ao lado do emblema da McLaren. O duplo S também é visível no painel azul que liga as aberturas de ventilação alojadas na tampa frontal, que complementa a escrita Senna na asa traseira verde brilhante.

«Ayrton Senna nasceu para correr e a sua paixão pelo desempenho e perfeição continua viva na McLaren. O McLaren Senna tem o seu nome e incorpora o seu espírito - é o McLaren de estrada mais avançado para um desempenho concentrado em pista, e esta inspiração magistralmente detalhada capta a energia contagiante de Ayrton. A nossa colaboração com a McLaren Racing para honrar o legado de corrida de Senna trinta anos depois é uma celebração partilhada das capacidades de corrida únicas de Ayrton, e o circuito de rua do Mónaco que ele fez seu é o local perfeito para refletir sobre as suas incríveis conquistas», disse Michael Leiters, Diretor Executivo da McLaren Automotive.

Relacionados

Patrocinados