Pérez ‘atira-se’ a Verstappen: «Se tem dois títulos mundiais é graças a mim»

13 nov 2022, 20:55
Sergio Pérez vence o GP do Mónaco

Polémica entre a dupla da Red Bull após o Grande Prémio do Brasil

A Red Bull já tem o título de pilotos e o de construtores na mão, mas este domingo, no Grande Prémio do Brasil, ficou com um grande problema por resolver: a relação entre Max Verstappen e Sergio Pérez.

O primeiro já é campeão do mundo, o segundo está na luta pelo segundo lugar – tem os mesmos pontos do ferrarista Charles Leclerc.

Ora, já na parte final da corrida, Verstappen seguia no sexto lugar, na perseguição a Fernando Alonso, e Pérez era sétimo. Do muro das boxes chegou a indicação para Verstappen ceder a posição a Pérez, para que o mexicano conseguisse somar o maior número de pontos possível.

Ora, ao contrário do que Pérez já fez pelo companheiro de equipa, várias vezes, Max não o deixou a passar. «Já vos dei as minhas razões», explicou à equipa, através do rádio.

Assim que acabou o Grande Prémio, e ainda no rádio da equipa, Checo não escondeu o desagrado. «Obrigado, rapazes. Mostra bem o tipo de pessoa que ele [Verstappen] é», afirmou.

Mas Sergio Pérez continuou na zona de entrevistas rápidas: «Estou muito surpreendido. Não sei o que aconteceu, principalmente depois de tudo o que fiz por ele. Não entendo as razões dele, se tem dois campeonatos é graças a mim.»

O Grande Prémio do Brasil, refira-se, foi ganho por George Russell, da Mercedes, à frente do colega Lewis Hamilton e de Carlos Sainz, da Ferrari.

Relacionados

Patrocinados