Dominado fogo no concelho da Trofa, Portugal sem fogos ativos

Agência Lusa , AM
27 jul, 06:09
Uma aeronave de combate aos incêndios faz uma descarga de água sobre o fogo (Nuno André Ferreira/Lusa)

Incêndio foi considerado como dominado às 03:15

O incêndio que deflagrou na tarde de terça-feira em zona de mato na freguesia de Covelas, concelho da Trofa (Porto), está dominado, adiantou à Lusa fonte da Proteção Civil.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto, o incêndio foi considerado como dominado às 03:15.

Por volta das 05:30, encontravam-se no local 167 operacionais auxiliados por 54 viaturas, referiu a mesma fonte.

Esta madrugada, às 02:26, também o incêndio que deflagrou na terça-feira na Bendada, concelho do Sabugal, no distrito da Guarda, foi dominado.

De acordo com a informação disponível no ‘site’ da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), Portugal encontra-se neste momento sem fogos ativos, quatro em fase de resolução e 17 em fase de conclusão, com 871 bombeiros e 275 viaturas a apoiar estas operações.

Perigo máximo de incêndio

Mais de 70 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Guarda, Coimbra, Santarém, Leiria, Castelo Branco e Faro apresentam hoje perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

Segundo o Instituto, o perigo de incêndio rural vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até domingo.

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O Governo decidiu na terça-feira que não é necessário voltar a ativar a situação de alerta para responder aos incêndios florestais, uma vez que as previsões meteorológicas apontam para um "quadro normal de verão".

De acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os próximos dias serão de algum calor e vento, sobretudo no litoral, mas dentro daquilo que é habitual durante o verão.

Os distritos de Beja e Faro vão passar de alerta vermelho para laranja, devido ao risco de incêndios rurais, e Braga, Porto, Viana do Castelo e Aveiro passam para azul, de risco moderado.

País

Mais País

Patrocinados