Metade dos inquiridos neste estudo admite “não reunir família” no Natal

21 dez 2021, 11:19
Jantar de Natal
Jantar de Natal

O trabalho, realizado pela app Fixando, mostra também que 81% “não se sente confortável” em celebrar o Natal de forma normal

PUB

Um inquérito realizado entre os utilizadores da aplicação Fixando concluiu que 45,1% dos inquiridos admite “não reunir família ou amigos” durante o período de Natal.

A pesquisa, feita com dados fornecidos por 5670 clientes da aplicação, aponta também que a esmagadora maioria dos inquiridos (81%) “não se sente confortável” em celebrar o Natal de forma normal.

PUB

Segundo a Fixando, que fez o trabalho de campo entre 1 e 14 de dezembro, tal se deve ao “aumento do número de casos de covid-19 nas últimas semanas e o surgimento” da variante Ómicron.

O inquérito conclui também que 8,9% “admite passar o Natal sozinho” e 39,1% não o fará com mais de 5 elementos familiares. Apenas 15,7% pretende passar a consoada com mais de 10 pessoas.

Quanto às refeições, 93% optam por cozinhar em casa, sendo o valor médio gasto em comida de 105 euros. Na categoria dos gastos em presentes, a média sobre um pouco, para 150 euros. Mesmo assim, segundo a Fixando, o montante está 57 euros abaixo do registado no ano passado.

PUB
PUB
PUB

Relativamente ao tema dos presentes, os inquiridos optam principalmente por roupa e acessórios (49%), livros (33%) e brinquedos e jogos (30%), registando-se também, de acordo com a Fixando, uma “tendência crescente” para a “oferta de serviços e experiências”.

“Começa a existir uma preocupação crescente com o consumo sustentável que, aliada à indisponibilidade de muitos produtos e equipamentos, leva a que cada vez mais portugueses procurem este tipo de alternativas”, revelou Alice Nunes, diretora de Novos Negócios da Fixando.

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados