Primeira-ministra da Finlândia filmada a dançar, cantar e celebrar - tudo "coisas legais" garantiu (mas há quem fale em drogas)

18 ago, 17:46
Sanna Marin

Sanna Marin já tinha sido anteriormente criticada por participar em demasiados festivais de música e demasiadas festas em vez de governar, considerando ainda os seus críticos que esta não é uma imagem digna para um chefe do governo

Os vídeos estão por todo o lado nas redes sociais: Sanna Marin, primeira-ministra da Finlândia, aparece a dançar e a cantar animadamente, rodeada de amigos, também eles caras conhecidas do país. 

Os vídeos foram inicialmente partilhados no Instagram, tendo começado a ser difundidos pelo tabloide finlandês Iltalehti. O assunto tornou-se de tal forma viral que levou à reação da primeira-ministra, nesta quinta-feira.

Sanna Marin já tinha sido anteriormente criticada por participar em demasiados festivais de música e demasiadas festas em vez de governar, considerando ainda os seus críticos que esta não é uma imagem digna para um chefe do governo.

“Não tenho nada a esconder. Dancei, cantei, celebrei, fiz coisas que são legais”, disse Sanna Marin, em conferência de imprensa. “Confiei que, como os vídeos são privados e filmados num evento privado, não seriam publicados”, acrescentou.

Não se sabe, contudo, quando nem onde ocorreu o convívio.

Nos vídeos que circulam pode ver-se outras caras conhecidas dos finlandeses, como o deputado social-democrata Ilmari Nurminen, a cantora Alma e a irmã, Anna, a fotógrafa Janita Autio, a apresentadora Tinni Wikström, a locutora Karoliina Tuominen e o estilista Vesa Silver. Na sua declaração à imprensa, Sanna Marin acrescentou: "Tenho tempo livre, que passo com os meus amigos. Tenho a certeza que é o mesmo que muitas pessoas da minha idade".

É também possível ouvir alguém gritar "cocaína", o que levou o deputado Mikko Kärnä, do Partido do Centro (que faz parte da coligação de governo), a pedir a Sanna Marin para fazer um teste de despistagem de drogas e divulgar os resultados.

O gosto de Sanna Marin pela diversão noturna não é desconhecido. Em dezembro de 2021, a primeira-ministra foi criticada por ter ido a uma discoteca, depois de ter tido um contacto de risco com alguém com covid-19. “Agi de forma errada. Deveria ter tido mais cuidado nesta situação”, disse então Sanna.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados