Autoridades reveem balanço e descem para 45 o número de mortos nas Filipinas devido ao mau tempo

Agência Lusa , BCE
29 out, 08:13

Em média, 20 tufões e tempestades atingem as Filipinas todos os anos

A tempestade tropical que se abateu sobre as Filipinas está a ameaçar Manila depois de ter feito 45 mortos na sequência de inundações e deslizamentos de terras no arquipélago, indica um novo balanço das autoridades locais.

As autoridades deram ainda conta de 33 feridos e 14 desaparecidos. O balanço oficial anterior apontava para 72 mortos, mas foi revisto em baixa depois de proteção civil ter "consolidado" os dados disponíveis. Foram já recuperados 40 corpos na região de Mindanao e outros cinco nas restantes regiões do país.

A guarda costeira suspendeu o transporte marítimo em grande parte do arquipélago. As fortes chuvas começaram na quinta-feira à noite na região e o mau tempo já obrigou à retirada de mais de sete mil pessoas.

Em média, 20 tufões e tempestades atingem as Filipinas todos os anos. No final de setembro, o tufão Noru matou pelo menos dez pessoas nas Filipinas, incluindo cinco membros das equipas de resgate.

A tempestade tropical Megi, que atingiu o país em abril, matou pelo menos 148 pessoas. Em 2013, o tufão Haiyan causou a morte ou o desaparecimento de mais de 7.300 pessoas.

Relacionados

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados