Pelo menos 13 mortos em deslizamentos de terras e inundações nas Filipinas

Agência Lusa , AM
28 out, 08:00
Filipinas (Associated Press)

Trabalhadores de resgate encontraram mais três corpos na cidade vizinha de Datu Odin Sinsuat

Pelo menos 13 pessoas morreram na sequência de deslizamentos de terras e inundações causadas por fortes chuvas no sul das Filipinas, informaram as autoridades.

Dez das vítimas eram da cidade de Datu Blah Sinsuat na ilha de Mindanao, disse à agência de notícias France-Presse (AFP) o porta-voz do Governo regional, Naguib Sinarimbo.

Os trabalhadores de resgate encontraram mais três corpos na cidade vizinha de Datu Odin Sinsuat, acrescentou.

"Esperamos que esta seja a contagem final", afirmou, acrescentando que sete pessoas estão, atualmente, desaparecidas.

As fortes chuvas começaram no final da quinta-feira, arrancando árvores e causando grandes inundações na cidade de Cotabato (população de 300.000 habitantes).

A intensidade da chuva deve-se em parte à tempestade tropical Nalgae, explicou o serviço meteorológico em Manila.

Nalgae dirige-se para o norte das Filipinas, de onde elementos da proteção civil retiraram cerca de 5.000 pessoas, numa antecipação à possibilidade de ocorrerem deslizamentos de terra e inundações após a tempestade que deverá atingir esta região durante o fim de semana.

As autoridades filipinas indicaram também hoje que 88 pessoas ficaram feridas devido ao terramoto que atingiu na terça-feira as regiões de Ilocos, Valle de Cagayán e Cordillera.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados