Imagens de estudantes universitários com "chapéus anti-cábulas" nas Filipinas tornam-se virais (e ideia já está a ser replicada)

24 out, 10:16
Estudantes de universidade nas Filipinas usam "chapéus anti-cábulas" originais

A ideia inspirou escolas e universidades noutras partes do país a fazerem o mesmo, encorajando os estudantes a criar formas divertidas para garantir que não copiam as respostas uns dos outros

Uma professora de uma universidade em Legazpi, nas Filipinas, pediu aos seus alunos para usarem "chapéus anti-cábulas" nos primeiros exames do ano letivo. O resultado foi este: vários estudantes apareceram na sala de aula com chapéus feitos à mão que já se tornaram virais nas redes sociais e na imprensa internacional. 

A professora, Mary Joy Mandane-Ortiz, contou à BBC que a ideia era garantir "integridade e honestidade" na sala de aula de uma "forma divertida", mas as suas expectativas foram ultrapassadas pela criatividade dos seus alunos de Engenharia Mecânica, da Faculdade de Engenharia da Universidade de Bicol. Muitos chegaram à sala de aula com chapéus feitos "em cinco minutos" com caixas de cartão, papel ou qualquer outro material reciclado, enquanto outros levaram máscaras do dia das bruxas e até capacetes. 

A professora garantiu que a ideia foi de tal forma "eficaz" que resolveu recorrer às redes sociais para mostrar as criações dos seus alunos através de publicações que rapidamente se tornaram virais, ao ponto de chegar à imprensa internacional.

A ideia inspirou escolas e universidades noutras partes do país a fazerem o mesmo, encorajando os estudantes a criar formas divertidas para garantir que os alunos não copiam as respostas uns dos outros. 

 

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados