Para falar do complexo militar e de biotecnologia. Filhas de Putin fazem rara aparição em fórum de São Petersburgo

CNN , Radina Gigova
11 jun, 20:30
Maria Vorontsova, filha do presidente russo Vladimir Putin e membro da Associação Russa para a Promoção da Ciência, participa no Fórum Económico Internacional de São Petersburgo a 7 de junho de 2024 (Olga Maltseva/AFP/Getty Images via CNN Newsource)

As filhas do presidente russo Vladimir Putin raramente aparecem em público, mas recentemente participaram em painéis no Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.

Maria Vorontsova e Katerina Tikhonova, que se crê estarem na casa dos 30 anos, são as filhas do seu casamento do presidente russo com a ex-mulher Lyudmila, de quem se divorciou em 2013 após quase 30 anos de união.

Putin afirmou que as suas filhas trabalham no setor da ciência e da educação e que tem netos, mas nunca confirmou os seus nomes.

Katerina Tikhonova, filha de Putin e chefe da iniciativa de desenvolvimento Innopraktika, participou virtualmente no Fórum Económico Internacional de São Petersburgo (Olga Maltseva/AFP/Getty Images via CNN Newsource)

No passado, ambas participaram no fórum anual de São Petersburgo, mas apenas a filha mais nova, Tikhonova, foi oradora, de acordo com a agência independente russa Novaya Gazeta Europe.

Tikhonova, que é uma executiva do setor tecnológico, fez uma aparição em vídeo na quinta-feira num fórum sobre como garantir a “soberania tecnológica” do complexo militar-industrial. Na lista de oradores do fórum, Tikhonova aparece como diretora-geral da Fundação Nacional de Desenvolvimento Intelectual (FNDI).

O painel foi moderado pelo apresentador de televisão e proeminente propagandista de Putin, Vladimir Soloviev.

Tikhonova foi sancionada pelos EUA e pelo Reino Unido em abril de 2022, após a invasão russa da Ucrânia, pelo seu trabalho de apoio ao Ministério da Defesa da Rússia. Nas suas observações no fórum, falou sobre inovação e eliminação da importação de tecnologias relacionadas com as esferas civil e militar.

A filha mais velha, Maria Vorontsova, que também foi sancionada, falou pessoalmente num painel na sexta-feira sobre inovações em biotecnologia e bioprodução. Vorontsova, endocrinologista, foi incluída na lista de membros da Associação Russa para a Promoção da Ciência.

Os analistas acreditam que parte da riqueza de Putin pode estar escondida nas contas bancárias de membros da família.

A fundação anti-corrupção do falecido líder da oposição russa Alexey Navalny disse em janeiro deste ano que, de acordo com a sua investigação, Vorontsova ganhou mais de nove milhões de euros entre 2019 e 2022 como funcionária de uma empresa médica. A CNN não foi capaz de verificar independentemente esta afirmação.

Putin é muito reservado sobre as suas filhas e vida familiar, com alguns analistas a acreditarem que é porque quer parecer poderoso e não mostrar vulnerabilidades que podem ser exploradas.

O presidente russo já disse anteriormente que as suas filhas não estão envolvidas na política e vivem vidas normais. Segundo consta, Tikhonova tentou em tempos seguir uma carreira na modalidade de rock and roll acrobático.

Vorontsova terá casado com um empresário neerlandês e o casal terá vivido num apartamento de 3,3 milhões de euros nos Países Baixos. Uma vivenda multimilionária com oito quartos em Biarritz, França, foi associada a Tikhonova. Foi comprada pelo seu antigo marido, Kirill Shamalov.

O Kremlin sempre negou os rumores de que Putin tem mais filhos fora do seu anterior casamento, que parecem ter vivido todos em países ocidentais.

Europa

Mais Europa

Patrocinados