Socorro do INEM "pode estar comprometido" durante os festejos do FC Porto, avisa sindicato

14 mai, 18:25

Rui Lázaro, presidente do STEPH, considera esta uma "situação recorrente" e que se explica pela falta de técnicos. Fonte oficial do INEM nega atrasos

Durante este sábado, os tempos de espera para o envio de ambulâncias, em situações urgentes, são de meia hora, na zona do Porto, uma vez que o INEM estará sem capacidade de resposta. A denúncia é do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, STEPH.

"Todos os dias há ambulâncias paradas por falta de técnicos, mas hoje é um dos piores dias", diz o presidente do STEPH à CNN Portugal.

Rui Lázaro considera esta uma "situação recorrente", que se explica pela falta de técnicos do INEM. Para o sindicalista, o socorro "pode estar comprometido durante o dia de hoje" já que das "seis ambulâncias disponíveis apenas uma está operacional na cidade do Porto". 

Em resposta escrita à CNN Portugal, o INEM garante que "não há registo de uma única ficha de atraso no envio dos meios de socorro que estão a ser minuciosamente monitorizados pelo INEM, precisamente pelo aumento da afluência à cidade neste fim de semana".  

Apesar dos constrangimentos denunciados, a Invicta recebe este sábado milhares de adeptos azuis e brancos para festejar, na rua, o título do FC Porto.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

FC Porto

Mais FC Porto

Patrocinados