Fertagus desenvolve método de pagamento por ‘contactless’ que deverá estar operacional já no próximo mês

Agência Lusa , BCE
22 set, 14:05
Comboios Fertagus

O objetivo é facilitar o dia a dia dos passageiros, evitando filas

A empresa de transporte ferroviário Fertagus está a desenvolver um sistema de pagamento dos seus bilhetes por cartão ‘contactless’, que deverá estar operacional em novembro, anunciou esta quinta-feira a transportadora.

Em comunicado, a empresa explicou que o pagamento vai ser feito através do cartão de pagamento ‘contactless’, diretamente nos validadores das estações, em equipamentos semelhantes àqueles em que habitualmente já são validados os títulos de transporte.

A empresa, que apresentou esta quinta-feira este sistema, adiantou que iniciou agora os testes a este método de pagamento em validadores colocados em todas as estações da rede da Fertagus, estando previsto entrar em pleno funcionamento em novembro.

De acordo com a nota, a iniciativa “é pioneira na região de Lisboa, é agora apresentada no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade 2022” e visa “dar resposta aos desafios da transformação digital no setor da mobilidade urbana em Portugal, através do recurso a soluções tecnológicas inovadoras, incluindo na área dos pagamentos dos títulos de transporte”.

O projeto tem como principais parceiros a Mastercard e a Finaro, bem como a Axians, empresa do Grupo Vinci, e a Ubirider, uma start-up portuguesa.

A administradora da Fertagus, Clara Esquível, citada na nota, destaca que “soluções inovadoras como esta permitem aos utilizadores de transportes públicos uma maior facilidade de utilização dos sistemas e um ganho efetivo na qualidade do serviço prestado”.

“A Fertagus tem sido pioneira em Portugal em vários projetos inovadores, como é o caso da utilização do telemóvel para viajar e agora os cartões bancários ‘contacless’. Queremos que seja fácil para todos utilizar o comboio, mesmo que seja a primeira vez neste transporte, e os cartões bancários ‘contacless’ permitem essa facilidade – para não mencionar o ganho ambiental que se regista com a poupança de bilhetes em papel”, afirmou.

A Fertagus é uma empresa portuguesa do Grupo Barraqueiro que opera o serviço ferroviário suburbano de passageiros entre a estação de Roma-Areeiro em Lisboa e a estação de Setúbal.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados