Ministro das Finanças diz que TAP deve recuperar indemnização de Alexandra Reis "com a maior rapidez"

Agência Lusa , BC
15 mai 2023, 15:57
Alexandra Reis, ex-administradora da TAP, na Comissão Parlamentar (Lusa/ Antonio Cotrim)

Fernando Medina diz que TAP está "mandatada para resolver o problema" da indemnização de 500 mil euros que Alexandra Reis tem de devolver

O Governo disse hoje que a TAP tem obrigação de recuperar o valor da indemnização, de 500.000 euros, pago a Alexandra Reis para sair da TAP antecipadamente, esperando que a empresa o faça “com a maior rapidez”.

“Será resolvido pela TAP que, aliás, é quem está mandatada para resolver o problema”, declarou o ministro das Finanças, Fernando Medina, quando questionado sobre os problemas registados na devolução desta verba.

Em declarações prestadas aos jornalistas portugueses em Bruxelas, à entrada para a reunião do Eurogrupo, Fernando Medina sublinhou que a TAP “não só tem autoridade, como obrigação de o fazer, aliás por despacho do Ministério das Finanças”.

“Espero que o faça com maior rapidez”, adiantou o ministro das Finanças.

Relacionados

Governo

Mais Governo

Patrocinados