Fenprof convoca concentração em frente à AR para o dia de greve de professores

Agência Lusa , PP
22 out, 17:27
Mário Nogueira

Concentração será a 2 de novembro, o dia em que o ministro da Educação estará no parlamento numa audição no âmbito da proposta do Orçamento do Estado para 2023

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) convocou este sábado uma concentração em frente ao parlamento para 02 de novembro, dia de greve nacional de professores e educadores.

Na reunião do Conselho Nacional da Fenprof, que decorreu entre esta sexta-feira e hoje, o sindicato decidiu promover no dia 02 de novembro “uma concentração de dirigentes, delegados e ativistas sindicais em frente à AR [Assembleia da República, juntamente com outras organizações que também participem”, foi hoje divulgado.

Segundo a resolução aprovada, a Fenprof ratificou a greve nacional de professores e educadores prevista para esse mesmo dia, em convergência com outras organizações sindicais.

Este é o dia em que o ministro da Educação estará no parlamento numa audição no âmbito da proposta do Orçamento do Estado para 2023.

Segundo a Fenprof, João Costa estará na Assembleia “a justificar o injustificável: o financiamento da Educação em 2023, de acordo com o previsto na proposta de Orçamento do Estado”.

A Fenprof decidiu ainda “reafirmar a importância das greves ao sobretrabalho e ao serviço extraordinário que se iniciarão em 24 de outubro, apelando aos docentes que adiram sempre que a atividade a que estiverem obrigados constitua um abuso ou uma ilegalidade”, bem como “entregar ao Ministério da Educação, na primeira reunião do processo de revisão do regime de concursos, o abaixo-assinado “Não à contratação por escolas ou outras entidades locais””.

Reitera a “determinação” para “manter e reforçar a ação reivindicativa nas suas diversas frentes” e mandatou o Secretariado Nacional da Fenprof para decidir “as ações e lutas” que se considerem adequadas em cada momento.

País

Mais País

Patrocinados