A mensagem de Nadal a Federer: «Desejava que este dia nunca chegasse»

15 set, 17:37
Roger Federer e Rafael Nadal (AP)

Espanhol e suíço protagonizaram uma das maiores rivalidades da história do desporto. «Querido Roger, meu amigo e rival...»

Rafael Nadal, rival de Roger Federer desde que em 2004 se defrontaram pela primeira de 40 vezes, reagiu com tristeza ao anúncio da retirada do tenista suíço.

Numa espécie de carta aberta publicada nas redes sociais, o tenista espanhol começa por dirigir-se a Federer como «amigo e rival».

«Querido Roger, meu amigo e rival. Desejava que este dia nunca chegasse. É um dia triste pessoalmente para mim e para o desporto em todo o Mundo», começou por dizer.

«Foi um prazer mas também uma honra e privilégio partilhar todos estes anos contigo e viver tantas memórias fantásticas dentro e fora do court. Vamos partilhar muitos mais momentos no futuro, ainda temos muitas coisas para fazer juntos, ambos sabemos. Por agora, desejo-te sinceramente toda a felicidade com a tua mulher, Mirka, os teus filhos, a tua família e que desfrutes do que está para vir. Vemo-nos na Laver Cup em Londres», disse, aludindo ao torneio que decorre de 23 a 25 de setembro.

Rafael Nadal venceu 24 dos 40 duelos com Roger Federer. Apesar da desvantagem nos confrontos diretos, o tenista suíço teve ascendente nos últimos anos da carreira, nos quais venceu seis dos últimos sete encontros que travaram desde 2015.

Relacionados

Patrocinados