Tribunal «chumba» recurso da FPF e tira jogo à porta fechada ao Benfica

8 mar, 18:01
Gil Vicente-Benfica

Em causa a entrada de três bandeiras de grandes dimensões num jogo em Barcelos

O Tribunal Central Administrativo do Sul negou provimento a um recurso apresentado pela Federação Portuguesa de Futebol, e confirmou assim a anulação de um castigo que tinha sido aplicado ao Benfica, de um jogo a disputar à porta fechada.

Em causa estava o alegado apoio a grupos organizados de adeptos, a propósito da entrada de três bandeiras de grandes dimensões no jogo com o Gil Vicente, disputado em Barcelos a 24 de fevereiro de 2020.

O tribunal entende que «ficou por demonstrar que tenha sido adotado (...) qualquer comportamento violador do ordenamento disciplinar desportivo, nomeadamente, que se traduza em apoio ilegal a grupo organizado de adeptos, o que sempre careceria de mais e melhor prova, que não meramente circunstancial e conclusiva».

A decisão relativa a este processo tem a data de 3 de março de 2022.

 

 

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados