Vítor Bruno: «Aqui, nesta casa, seremos sempre Pepe e Taremi»

25 set, 11:12
Stephen Eustáquio e Vítor Bruno no treino do FC Porto

Treinador-adjunto do FC Porto critica «ataques à honra e ao caráter» dos jogadores

Vítor Bruno, treinador-adjunto do FC Porto, veio a público criticar os «ataques à honra e ao caráter» de dois jogadores portistas: Mehdi Taremi e Pepe.

O técnico começou por lamentar um comentário televisivo durante um jogo de padel, visando o avançado iraniano: «Fiquei incrédulo quando soube deste triste episódio, por coincidência na transmissão de um dos desportos que mais gosto de acompanhar. Devo recordar que antes de chegar ao FC Porto o Mehdi já tinha trabalhado com dois treinadores portugueses: Carlos Queiroz e Carlos Carvalhal.»

«Ambos são unânimes em destacar as suas qualidades humanas e profissionais. Infelizmente os novos tempos permitem e facilitam este tipo de insidiosos ataques, que ainda há poucos dias tiveram como outro alvo o nosso capitão, Pepe», escreveu Vítor Bruno na rede social Twitter.

O adjunto de Sérgio Conceição lamenta a ligeireza dos ataques: «Mas não me pronuncio apenas em defesa de homens e de atletas que conheço bem; pronuncio-me também contra a ligeireza e o despudor com que na nossa sociedade se produzem ataques à honra e ao carácter das pessoas, neste caso concreto no nosso futebol.»

«Independentemente de preferências e paixões clubísticas, é nosso dever contribuir para uma cultura desportiva totalmente diferente e para uma melhor educação das novas gerações. Aqui, nesta casa, seremos sempre Pepe e Taremi», conclui Vítor Bruno.

Relacionados

Patrocinados