Saiba tudo sobre o Euro aqui

Conceição: a história da gravata oferecida e uma questão por responder

Ricardo Jorge Castro , Estádio do Dragão, Porto
12 mai, 23:52

FC Porto-Boavista, 2-1 (reportagem)

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixou no ar a questão sobre se a gravata que entregou a um adepto no final do jogo deste domingo, ante o Boavista (vitória por 2-1), foi a última oportunidade para fazer um adepto feliz, ou cumprir um último desejo pelo FC Porto no Estádio do Dragão, enquanto treinador.

Na conferência de imprensa após o triunfo no dérbi da 33.ª e penúltima jornada da I Liga, Conceição começou por explicar que a oferta da gravata se deveu a um pedido do adepto que se deslocou ao Olival.

«A gravata que eu entreguei no final? No último treino, o senhor veio ter comigo, a ver se era possível ter a gravata e eu ofereci a gravata, porque ele foi lá ao Olival. Ele esteve lá», disse Conceição, sem esclarecer sobre se foi a última ocasião para fazer alguém feliz no Dragão pelo FC Porto.

Questionado novamente, Conceição sorriu, não respondeu e assim terminaria a conferência de imprensa.

Conceição assinou contrato com o FC Porto até 2028, ainda com Pinto da Costa como presidente. Porém, e agora com André Villas-Boas na presidência do clube, ainda está no ar a possibilidade de continuar ou não, sendo certo que, como o Maisfutebol já noticiou, o Milan já fez contactos com os representantes do técnico e há cláusulas para uma possível rescisão.

Relacionados

Patrocinados