FC Porto: Diogo Costa muda de equipamento... e fica igual ao árbitro

Vítor Hugo Alvarenga , Estádio do Dragão, Porto
5 nov, 19:17
Diogo Costa

Guarda-redes portista equipou de amarelo na primeira parte, como o P. Ferreira

Diogo Costa mudou de equipamento ao intervalo no jogo no Estádio do Dragão. O guarda-redes do FC Porto regressou dos balneários todo de preto, depois de na primeira parte ter atuado com o habitual amarelo. A razão é simples de perceber: Diogo Costa estava com uma camisola da mesma cor que a do P. Ferreira, embora com uma tonalidade diferente.

Curiosamente agora está com uma igual à do árbitro, o que significa que continua em violação das Leis do Jogo.

No número 3 da Lei do Jogo número 4 pode ler-se:

«As duas equipas devem usar cores que as distingam entre si e também dos elementos da equipa de arbitragem. Cada guarda-redes deve usar um equipamento de cores que o distinga dos outros jogadores e dos elementos da equipa de arbitragem. Se as camisolas dos dois guarda-redes forem da mesma cor e nenhum deles tiver outra camisola, o árbitro deve permitir que o jogo seja disputado.»

Neste caso, e como o segundo equipamento do guarda-redes do FC Porto é preto, o árbitro terá permitido que o jogo seja disputado com uma camisola igual à dele, embora as leis do jogo digam que não deve ser assim.

Relacionados

Patrocinados