Uribe: «Gostava de levantar um troféu internacional com o FC Porto»

28 jun, 17:33
Camisolas do FC Porto 2022/23

Médio colombiano diz que a equipa deixou «a fasquia muito alta» com a dobradinha na última época

O colombiano Matheus Uribe foi um dos rostos da apresentação da nova camisola principal do FC Porto e, numa entrevista partilhada agora pelos meios de comunicação dos dragões, mostrou-se confiante de que o novo equipamento será sinónimo de mais sucessos, à semelhança do que aconteceu em 2021/22, com a conquista da «dobradinha».

«Estamos preparados para enfrentar esta nova época da melhor maneira. Sabemos que deixámos a fasquia muito alta na época passada, fizemos 91 pontos, um recorde que queremos bater nesta nova temporada e esperemos que esta camisola nos traga muita sorte e muitos êxitos», afirmou.

O médio portista destacou a «união e trabalho» como os dois fatores-chaves para a conquista do campeonato. Uribe lamentou ainda não ter contribuído na reta final da época, devido a lesão, mas admite que essa mágoa ficou ultrapassada nos festejos na Avenida dos Aliados.

«Não ter podido jogar os últimos jogos da época doeu-me um pouco, mas ter aquela noite magistral nos Aliados foi algo que nunca vou esquecer, tanto eu como os meus filhos, que puderam viver isso comigo. É algo maravilhoso», vincou.

Uribe deixou ainda o repto para 2022/23. «Gostaria de, no final da época, estar numa competição internacional a ter um desempenho importante, para não dizer levantar um troféu internacional. Seria maravilhoso se estes adeptos recordassem esta camisola com um título muito importante, batendo o recorde do campeonato e, no que sempre caracteriza o FC Porto, batalhar por todos os títulos. Que esta camisola seja respeitada em todo o mundo», concluiu.

O internacional colombiano parte para a quarta temporada de dragão ao peito e entra agora no último ano de contrato.

A entrevista de Uribe:

Relacionados

Patrocinados