Conceição: «Favoritos? Simeone pode tê-lo dito por simpatia ou por estratégia»

Vítor Maia , Olival, Vila Nova de Gaia
6 dez 2021, 18:38

Técnico do FC Porto vincou que não há nenhum favorito para a «final» desta terça-feira e desvalorizou as ausências no centro da defesa do Atlético de Madrid

PUB

Na véspera do jogo decisivo do grupo B da Liga dos Campeões, Diego Simeone considerou que o FC Porto parte como favorito. Sérgio Conceição discordou do antigo colega de equipa na Lazio e lembrou q qualidade do plantel colchonero.

«Não sei por que razão o Diego disse isso. Deve ter sido pela fase de grupos de bom nível que fizemos. Ou então poderá ser por simpatia, visto que foi meu colega por dois anos. Ou então disse-o por estratégia», começou por dizer, em conferência de imprensa.

«Vamos defrontar o campeão espanhol. O grupo era muito difícil e equilibrado, mas sempre disse que o Liverpool estava um bocadinho acima das outras equipas. Não há favoritos para este jogo. Basta olhar para os nomes que compõem o pantel do Atlético. Não resam dúvidas a ninguém sobre quem será favorito. No plano prático é outra coisa. Quando a bola começar a andar, aí quem for mais competente vai ganhar. Será um encontro muito competitivo», acrescentou. 

Os colchoneros visitam o Dragão com apenas um central de raiz disponível: Hermoso. Confrontado com as ausências da equipa adversário, o técnico dos dragões fez questão de lembrar que «El Cholo» pode recorrer a Fran e Ibrahima e desvalorizou a possibilidade de o oponente estar fragilizado.

«O Koke já jogou como central e o lateral-direito pode jogar mais por dentro. Ainda tem o Fran e o Ibrahima, embora ainda não tenham jogado. Mas isso não é problema meu, é do Simeone. Também temos os nossos problemas. Com a qualidade do plantel do Atlético, seria injusto dizer que eles podem ser menos competentes por isso. Todos os treinadores gostam de contar com todos e que haja abundância de opções no plantel para utilizar os melhores. Mas faz parte da vida de um treiandor encontrar soluções. Como sabem, temos tido alguns problemas na linha defensiva e fomos sempre ajustando, às vezes com um central que não vinha a jogar tanto como o Fábio Cardoso. Trabalhámos outras soluções que não centrais de raiz, mas claramente que tanto eu como o Diego gostaríamos de ter o plantel todo disponível», finalizou.

O FC Porto-Atlético de Madrid joga-se esta terça-feira, às 20h00, no Dragão. Os dragões ocupam o segundo lugar do grupo B com cinco pontos e dependem apenas de si próprios para chegar aos oitavos de final. 

PUB
PUB
PUB

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Champions

Mais Champions

Patrocinados