Jorge Sánchez e o afastamento no FC Porto: «Foi muito duro»

23 jun, 17:32
Jorge Sánchez (FC Porto) (LUSA/ESTELA SILVA)

Mexicano prometeu contar em breve «o que realmente aconteceu» nos dragões

Jorge Sánchez estava sem jogar desde meados de abril, depois de ter sido afastado dos trabalhos do plantel principal do FC Porto, tal como André Franco, Iván Jaime e Toni Martínez, mas foi titular ao serviço da seleção mexicana, na última madrugada.

O lateral-direito cumpriu os 90 minutos no triunfo por 1-0 diante da Jamaica e, após a partida, abordou a situação que viveu no FC Porto.

«Foi muito duro não ser tido em conta por circunstâncias que não vou dizer agora. Sei o que realmente aconteceu dentro de tudo o que vivi lá [no FC Porto]. Estou muito contente, muito feliz, porque foi uma aprendizagem que tive e que contarei com muita vontade mais à frente. Neste momento estou concentrado e a desfrutar do momento, com os primeiros três pontos», disse o jogador de 26 anos em declarações aos jornalistas, na zona mista.

«Agora estou muito contente, muito feliz com a minha família, porque eles e eu sabemos o que passámos, o que vivemos, mas sempre fui uma pessoa que nunca deixou de lutar nem baixou os braços. Depois de três meses sem atividade, vir e mostrar essa qualidade de jogo e ser um dos que mais correu, segundo as estatísticas, deixa-me muito contente. É sinal de que o meu trabalho está a valer a pena», afirmou ainda.

Cedido esta época pelo Ajax ao FC Porto, Jorge Sánchez disputou 23 jogos e somou duas assistências.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados