Quaresma: «Para acabar a carreira feliz tinha de ser no FC Porto ou no Besiktas»

14 jun, 10:04

Internacional português fala sobre o futuro e acredita que Portugal pode sair vencedor no Euro 2024

Sem jogar desde 2022, o futuro de Ricardo Quaresma permanece incerto, já que o internacional português também não oficializou o «pendurar das chuteiras».

Em entrevista à CNN Portugal, o avançado refere que o sonho seria terminar a carreira no FC Porto ou no Besiktas e admite que apesar de receber algumas propostas, não quer abraçar um projeto em que se sinta prejudicado.

«Recebo muitas propostas de países e de alguns clubes, mas acho que não faz sentido estar a entrar em alguns projetos, não me vou estar a prejudicar por ninguém. Para acabar feliz tinha de ser no FC Porto ou no Besiktas. Hoje em dia não penso nisso, mas se pudesse terminar num desses clubes, ia ser o jogador mais feliz do mundo», admite o internacional português.

Ricardo Quaresma aborda ainda a prestação de Portugal no Euro 2024 e acredita que a seleção nacional tem o que é preciso para se sagrar, pela segunda vez na história, campeã europeia.

«As expetativas estão elevadas, temos uma grande equipa, uma seleção muito forte. Estamos sempre à espera que o Cristiano Ronaldo faça golos, mas temos muita qualidade e jogadores que podem resolver um encontro de um momento para o outro, como o Bernardo Silva, o Rafael Leão ou o Bruno Fernandes. Diria que a Turquia vai ser o adversário mais difícil para Portugal nesta fase de grupos», acrescenta.

Recordar que Portugal integra o Grupo F deste Euro 2024, juntamente com a Turquia, a Geórgia e a Chéquia (primeiro adversário da seleção nacional, a 18 de junho).

Euro 2024

Mais Euro 2024

Patrocinados