Famalicão: Miguel Afonso suspenso de funções

30 set, 12:20
Miguel Afonso (Famalicão)

«Até que a verdade dos factos seja apurada», refere o clube em comunicado

O Famalicão anunciou esta sexta-feira que o treinador de futebol feminino Miguel Afonso foi suspenso, na sequência das acusações de assédio de várias jogadoras do Rio Ave ao técnico que orientou o clube vilacondense em 2020/21.

A equipa minhota refere que «a suspensão de funções, por mútuo acordo e com efeitos imediatos» vai manter-se «até que a verdade dos factos seja apurada».

O Famalicão volta a mostrar «total disponibilidade» para ajudar as entidades competentes e «renova que não se revê em nenhuma atitude de teor abusivo ou de desigualdade de género».

Renato Lobo, do Famalicão B, assume as funções de treinador principal, de forma interina.

Recorde-se que, na quinta-feira, os famalicenses garantiram que não tinham «conhecimento de nenhuma acusação ou denúncia às autoridades».

O técnico terá trocado mensagens íntimas com jovens entre os 18 e os 20 anos do plantel feminino vilacondense, uma situação negada pelo mesmo, que acabou por sair do clube e estava agora a treinar o Famalicão.

À CNN Portugal, Miguel Afonso disse apenas que «há algo de estranho aqui montado», reagindo mais tarde nas redes sociais, com uma breve publicação na qual agradece o apoio que tem recebido.

Já o Rio Ave, admitiu ter tido conhecimento de «alguns comentários» e «abordagens despropositadas» do treinador, mas, por pedido das atletas, não deu seguimento às queixas. 

Entretanto, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) confirmou ao Maisfutebol que o Conselho de Disciplina vai abrir um processo disciplinar para investigar o caso.

Já esta sexta-feira, antigas jogadoras do Rio Ave enviaram uma queixa anónima conjunta para a FPF contra Miguel Afonso. De acordo com a CNN Portugal, no documento constam provas de assédio sexual e de que o Famalicão foi informado sobre as acusações no dia em que contratou o técnico.

O comunicado do Famalicão:

«O Futebol Clube Famalicão com o interesse máximo de salvaguardar os seus valores, as suas pessoas e o seu emblema, vem comunicar, face aos acontecimentos ocorridos no dia de ontem, a suspensão de funções, por mútuo acordo e com efeitos imediatos, do treinador Miguel Afonso até que a verdade dos factos seja apurada.
De momento, assumirá as funções de treinador principal, de forma interina, o técnico Renato Lobo e restante equipa técnica. O Futebol Clube Famalicão renova que não se revê em nenhuma atitude de teor abusivo ou de desigualdade de género, seguindo o seu caminho assente nos valores em que acredita e com o objetivo único de dignificar cada vez mais este emblema.
Mais uma vez o Futebol Clube Famalicão manifesta total disponibilidade a todas as partes envolvidas e às entidades competentes para coadjuvar no alcance da verdade.»

Relacionados

Patrocinados