Facebook vai encerrar a sua aplicação de jogos (à medida que a rival Twitch domina o mercado)

CNN , Catherine Thorbecke
31 ago, 00:30
Facebook (AP Photo/Jeff Chiu, File)

A partir do final de outubro, a aplicação de jogos do Facebook para iOS e Android também já não estará disponível nas lojas de aplicações

O Facebook anunciou esta terça-feira que vai encerrar a sua aplicação autónoma de jogos no próximo outono. 

A aplicação para jogadores de vídeo e streamers, que durante muito tempo lutou para competir com rivais como o Twitch, propriedade da Amazon, já não funcionará no dia 28 de outubro, de acordo com um aviso publicado na aplicação na terça-feira. A partir dessa data, a aplicação de jogos do Facebook para iOS e Android também já não estará disponível nas lojas de aplicações.

"Queremos estender os nossos sinceros agradecimentos a todos vós por tudo o que fizeram para construir uma comunidade próspera para jogadores e fãs desde o lançamento desta aplicação", declarou o memorando, assinado pela equipa de jogos do Facebook. "Este foi um verdadeiro esforço liderado pela comunidade para trazer novas funcionalidades de jogo para o Facebook".

Um porta-voz do Facebook, da empresa Meta, confirmou a notícia numa declaração à CNN na terça-feira, mas acrescentou, "as pessoas ainda poderão encontrar os seus jogos, streamers, e grupos na aplicação principal do Facebook". 

O Facebook Gaming foi lançado em 2018 com grandes esperanças quanto ao seu potencial para alavancar a audiência maciça da rede social. Apesar de atrair alguns streamers populares de rivais como Twitch através de contratos lucrativos, acabou por ter dificuldades em encontrar o seu lugar nas guerras competitivas de streaming de jogos de vídeo. A Microsoft fechou de forma semelhante a sua plataforma rival de jogos em directo, a Mixer, em julho de 2020.

Os jogos no Facebook representaram apenas 7,9% da quota de mercado de horas assistidas no segundo trimestre de 2022, de acordo com uma pesquisa da indústria publicada no início deste mês pela StreamLabs. O Twitch dominou a quota de mercado, com cerca de 76,7% das horas assistidas e o YouTube Gaming Live representou 15,4%. 

O mesmo relatório dizia que as horas assistidas no Facebook Gaming diminuíram 51% em comparação com o mesmo período do ano passado. O Twitch, entretanto, viu apenas uma queda de 13,4%, em relação ao mesmo período do ano passado, em horas observadas na plataforma.

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados