Japão executou três pessoas no corredor da morte

Agência Lusa , AM
21 dez 2021, 06:15
Prisão
Prisão

Não se sabe a identidade dos prisioneiros

PUB

O Japão executou hoje três pessoas que estavam no corredor da morte, noticiaram os meios de comunicação locais, citando fontes do Ministério da Justiça.

Acredita-se que as execuções sejam as primeiras no país desde dezembro de 2019.

PUB

O Ministério da Justiça, contactado pela agência francesa France-Press (AFP), não confirmou a informação. Os meios de comunicação locais não revelaram as identidades dos prisioneiros executados.

A última execução foi em dezembro de 2019, de um chinês condenado pelos assassinatos de quatro membros da mesma família no sudoeste do país, em 2003.

O Japão executou três condenados em 2019 e 15 em 2018, incluindo 13 membros da seita Aum, que esteve envolvida num ataque de gás sarin ao metropolitano de Tóquio em 1995.

Existem atualmente mais de 100 reclusos no corredor da morte no país, e muitos anos passam geralmente entre o pronunciamento da sentença e a sua execução por enforcamento.

O apoio público à pena capital permanece forte apesar das críticas vindas do estrangeiro, particularmente das organizações de direitos humanos.

PUB
PUB
PUB

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados