Mistério na Eurovisão: Laura Pausini desapareceu (e já se sabe porquê)

15 mai, 12:53
Laura Pausini (AP Photo/Luca Bruno)

A cantora esteve momentaneamente ausente durante a votação dos júris dos 40 países e não faltaram teorias e publicações nas redes sociais sobre o acontecimento

Em plena fase de votação dos júris de 40 países, Laura Pausini ausentou-se da final da Eurovisão - que apresentou com Alessandro Cattelan e Mika - sem aviso prévio. A ausência da cantora foi imediatamente notada e, num instante, começaram a multiplicar-se as publicações no Twitter a perguntar onde estaria Laura Pausini.

A resposta surgiu apenas de madrugada e pela própria, que usou a sua página de Instagram para explicar o que realmente aconteceu.

“Quero acalmar-vos e dizer que estou bem”, escreveu. Laura Pausini, de 47 anos, revelou que teve “uma queda da pressão arterial” e, por isso, teve de “parar cerca de vinte minutos a conselho dos médicos que me ajudaram e a quem agradeço muito”.

“Os últimos seis meses foram cheios de trabalho e sucumbi ao stress... mas estou feliz por ter fechado a noite com meus queridos companheiros de viagem”, disse, referindo-se a Alessandro Cattelan e Mika.

A 66.ª edição do festival, que se realiza anualmente na Europa desde 1956, decorreu em Turim, na Itália. A Ucrânia venceu a final, tendo a representação portuguesa, a cargo de Maro, ficado em nono lugar.

A vitória da Ucrânia, com Stefania, pela Kalush Orchestra, deveu-se essencialmente à votação popular, não tendo o Reino Unido, que venceu na votação dos júris nacionais, conseguido ultrapassar os 631 votos da Ucrânia, 439 deles dados pela votação do público.

No 66.º Festival Eurovisão da Canção, juntos os votos dos júris nacionais e a votação popular, o Reino Unido ficou em segundo lugar e a Espanha em terceiro.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados