Taxa de poupança das famílias da zona euro recua pela 6.ª sexta vez no 3.º trimestre de 2022

Agência Lusa , FM
11 jan, 11:53
Dinheiro (Getty Images)

A taxa de poupança das famílias na zona euro recuou para os 13,2% no terceiro trimestre de 2022, sendo a sexta baixa consecutiva desde os 21,5% do primeiro trimestre de 2021, divulga hoje o Eurostat

A taxa de poupança das famílias na zona euro recuou para os 13,2% no terceiro trimestre de 2022, sendo a sexta baixa consecutiva desde os 21,5% do primeiro trimestre de 2021, divulga hoje o Eurostat.

De acordo com o serviço estatístico da União Europeia, a taxa de poupança das famílias da zona euro compara-se, entre julho e setembro de 2022, com a de 15,5% do período homólogo e a de 13,4% do trimestre anterior, sendo a quebra justificada pelo aumento mais rápido do ritmo das despesas de consumo (2,5%) do que o do rendimento disponível (2,3%).

Também a taxa de investimento das famílias de 19 países da moeda única (a Croácia aderiu em 01 de janeiro) recuou para os 9,9%, acima dos 9,6% do trimestre homólogo e abaixo dos 10,1% do anterior.

Este recuo, por seu lado, justifica-se pelo facto de a subida da formação bruta de capital fixo (0,6%) tenha tido um ritmo mais lento do que a do rendimento bruto disponível (2,3%).

Já no que respeita às empresas não financeiras da zona euro, no terceiro trimestre de 2022, a taxa de investimento avançou para os 25,5%, face aos 22,8% homólogos e os 24,1% do período anterior.

A margem de lucro, por seu lado, manteve-se estável nos 39,8% na variação homóloga, registando uma ligeira subida trimestral (39,7% entre abril e junho).

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados