Croácia
69'
0 - 1
Albânia

Europeias: mais de 252 mil eleitores podem votar antecipadamente este domingo

Agência Lusa , MJC
2 jun, 08:35
Voto (LUSA)

O Presidente da República e o primeiro-ministro estão entre os cidadãos que votam antecipadamente

Mais de 252 mil eleitores portugueses, entre os quais o Presidente da República e o primeiro-ministro, podem votar antecipadamente este domingo para as eleições europeias, de 9 de junho.

De acordo com o Ministério da Administração Interna (MAI), inscreveram-se para votar em mobilidade para as eleições europeias 252.209 eleitores, número mais de 20% superior aos 208.007 que optaram pelo voto antecipado nas últimas eleições legislativas, de 10 de março passado.

Hoje, quem se inscreveu até quinta-feira passada, poderá exercer o seu direito no município que escolheu quando solicitou o voto antecipado.

Caso o eleitor se tenha inscrito para votar antecipadamente mas não consiga exercer esse direito hoje, poderá votar no dia das eleições, 9 de junho, em qualquer parte do país.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, Luís Montenegro, anunciaram que irão votar antecipadamente para as eleições europeias, para as quais são chamados a votar mais de 10,8 milhões de portugueses, que escolherão 21 dos 720 eurodeputados.

Em Portugal, concorrem às eleições europeias 17 partidos e coligações: a AD, PS, Chega, IL, BE, CDU, Livre, PAN, ADN, MAS, Ergue-te, Nova Direita, Volt Portugal, RIR, Nós Cidadãos, MPT e PTP.

A modalidade de voto antecipado em mobilidade foi instituída com a entrada em vigor da Lei Orgânica n.º 3/218, por ocasião da eleição de deputados portugueses ao Parlamento Europeu em 2019.

Relacionados

Política

Mais Política

Patrocinados