"O dinheiro fácil acabou". Até quanto podem subir as taxas Euribor?

24 jul, 08:00

O Banco Central Europeu anunciou o primeiro aumento em 11 anos e o mais intenso desde 2000. O que podemos esperar das taxas Euribor?

Taxas de juro altas? Nem por isso: afinal, ainda estamos nos "zero vírgula qualquer coisa". Taxas de juro a subir? Sim, isso sim, porque elas estiveram tão baixas durante tanto tempo (negativas durante seis anos) que a tendência de aumentos traz prestações de créditos mais caras - e não vai ser pouco. Mas quanto?

As taxas Euribor, que servem de base para os empréstimos à habitação, voltaram a subir esta sexta-feira, reforçando a sua trajetória ascendente e atingindo novos máximos de dez anos. A Euribor a 6 meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, avançou esta sexta-feira para 0,706%, um novo máximo desde agosto de 2012. Já a Euribor a três meses avançou para 0,2%, novo máximo desde setembro de 2014, enquanto no prazo de 12 meses, a Euribor subiu para 1,2%, a percentagem mais alta desde agosto de 2012.

LEIA TAMBÉM
Euribor, dívida pública, taxas diretoras: compreenda os vários tipos de taxas de juro

Economia

Mais Economia

Patrocinados