"O Joe morreu de coração partido". Marido de professora morta no massacre do Texas sofre ataque cardíaco dois dias após tiroteio

27 mai, 07:10
Joe e Irma Garcia (GoFundMe)

Irma e Joe estavam casados há 24 anos e tinham quatro filhos

Joe Garcia, o marido de Irma, a professora do quarto ano cujo corpo foi encontrado numa posição de proteção dos alunos no massacre na escola primária e Uvalde, no Texas, morreu de ataque cardíaco dois dias depois do tiroteio. A morte foi confirmada pela Diocese de Santo António à CNN Internacional.

"Joe e Irma Garcia eram paroquianos do Sagrado Coração da Igreja Católica de Uvalde e Irma era líder no ministério das mulheres", revelou Jordan McMorrough, porta-voz da diocese.

À CNN, fonte da família afirmou que o marido de Irma morreu "de coração partido". 

Na biografia de Irma Garcia no site da escola, a professora escreveu que era casada com Joe há 24 anos, com quem adorava fazer churrascos, e com quem tinha quatro filhos, dois rapazes e duas raparigas.

Pouco depois da notícia da morte de Irma, o sobrinho John Martinez criou uma página para angariar fundos para a família. O texto do site foi atualizado após a morte de Joe, dando a notícia da morte do marido da professora e revelando que Joe e Irma "eram namorados desde a adolescência" e "amados por muitos".

"O dinheiro angariado será usado para quaisquer despesas necessárias para a educação futura de seus filhos e para as necessidades da família", pode ler-se no texto da campanha.

A campanha, que não tem objetivo definido, já angariou mais de 557 mil dólares (518 mil euros).

Na terça-feira, um jovem de 18 anos entrou armado numa escola primária em Uvalve, no Texas, tenho feito pelo menos 21 vítimas, entre as quais 19 crianças e dois adultos.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados