Irmãos de Arizona perdem os pais com covid-19 em menos de 48 horas

CNN , David Williams
20 jan, 17:23
Bob e Sue Walker foram casados durante mais de 44 anos. Faleceram com uma diferença de 46 horas devido a Covid-19. Foto: Cortesia de Jonathan Walker

Nenhum dos pais estava vacinado e sofriam ambos de problemas de saúde. O casal descobriu que tinha covid-19 pouco antes do Dia de Ação de Graças. Morreram os dois cerca de uma semana depois.

Bob e Sue Walker foram inseparáveis durante mais de 44 anos de casamento e chamavam “cara-metade” um ao outro, porque eram almas gémeas, disseram os seus filhos adultos à CNN.

Morreram de covid-19 durante as festas, em diferentes pisos de um hospital de Arizona.

"Eram um verdadeiro casal. Nada se metia entre eles”, disse à CNN a filha de 40 anos, Stephanie Walker. "E, infelizmente, a Covid levou-os aos dois no espaço de 46 horas."

O casal descobriu que tinha covid-19 pouco antes do Dia de Ação de Graças, quando Sue fez o teste no hospital enquanto recebia tratamento para o que se pensava ser um caso de DPOC, tendo Bob feito um autoteste assim que a esposa acusou positivo.

Faleceram dias mais tarde num hospital da zona de Phoenix, Sue a 30 de novembro e Bob a 2 de dezembro.

"Foi tudo muito rápido", disse à CNN Charissa Walker, a irmã gémea de Stephanie.

Nenhum dos pais estava vacinado e sofriam ambos de problemas de saúde, disse o filho de 42 anos, Jonathan Walker. Disse que o pai sofria de problemas renais e de outros problemas de saúde, tendo-lhe sido recentemente amputada parte do pé devido a complicações associadas à diabetes.

A covid-19 matou, pelo menos, 830 788 pessoas e infetou 57,2 milhões nos EUA, segundo dados de 5 de janeiro da Universidade Johns Hopskins. Os internamentos aumentaram exponencialmente com a propagação da variante Ómicron nos EUA e o US Surgeon General, Dr. Vivek Murthy, disse que a maior parte dos pacientes hospitalizados não estão vacinados e imunizados.

Jonathan disse que o pai teve de ser ajudado pelo ventilador devido ao problema de saúde, mas que a mãe parecia estar a melhorar, conseguindo mexer-se, deslocar-se até ao WC e até encomendar comida do Taco Bell quando estava com fome.

Ela falava, acenava e fazia um coração com as mãos num vídeo que as irmãs gravaram 24 horas antes de falecer.

Os irmãos providenciaram uma videochamada entre os pais, para que Sue pudesse falar com Bob e aferir o seu estado. Ele disse que a mãe ficou em transe a olhar para o telefone quando viu o pai pela primeira vez.

"Depois, acordou e disse: ‘Tens de melhorar. Temos de ir passar o Natal a casa, minha cara-metade’.”

"Acho que a minha mãe ficou de coração partido nesse momento”, disse ele. O estado dela piorou e ela morreu no dia seguinte. Charissa disse ter chegado a tempo de lhe dar a mão enquanto ela falecia.

"Fiquei com o coração despedaçado, mas fiquei feliz por poder ter estado lá com ela,” disse ela.

Jonathan disse que os pais eram “parceiros no crime” e que lutavam sempre, mas que os admirava por terem permanecido juntos por piores que fossem as situações.

"Os meus pais amavam-se, isso era óbvio”, disse ele. “Mantiveram-se fiéis aos votos de que só a morte os separaria.” Charissa disse que nem a morte os separou e que só espera vir a viver um amor como o deles.

A época festiva foi dura para a família.

Receberam as cinzas da cremação dos pais dias antes do Natal.

Jonathan disse que o presente da mãe ainda estava debaixo da árvore de Natal na última semana do ano. Stephanie disse que ainda sente o impulso de ligar para falar com os pais e Charissa disse que ainda está em choque.

Stephanie espera que as pessoas levem o vírus a sério.

"A Covid é real e não diferencia”, disse ela. "Perder um pai para o vírus é horrível, mas perder os dois num curto espaço de tempo é inacreditável.”

Os irmãos estão a planear uma cerimónia de homenagem aos pais no dia 1 de março, data do aniversário da mãe e do 45.º aniversário de casamento dos pais, na igreja onde casaram.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados