Homem mata a tiro casal e filha de seis anos em parque nos Estados Unidos

Agência Lusa , DCT
24 jul, 08:31
Tiroteio em Iowa, nos Estados Unidos (Dave Kettering/Telegraph Herald vía AP)

A polícia disse que o suspeito do tiroteio, Anthony Sherwin, de 23 anos, foi encontrado morto, também na sexta-feira, numa área arborizada do parque com um ferimento de bala, alegadamente autoinfligido

Um casal e a filha de seis anos foram mortos a tiro num parque de campismo no estado norte-americano de Iowa, alegadamente por um homem que mais tarde se suicidou, avançaram as forças de segurança.

Segundo o Departamento de Segurança Pública de Iowa, os corpos Tyler e Sarah Schmidt, ambos de 42 anos, e da filha, Lula, foram encontrados na sexta-feira, no interior de uma tenda, cerca de 290 quilómetros a leste da capital do estado, Des Moines.

Rob Green, o autarca de Cedar Falls, onde vivia a família Schmidt, disse na rede social Facebook na sexta-feira que o filho de 9 anos do casal, Arlo, “sobreviveu ao ataque e está seguro”.

A polícia disse que o suspeito do tiroteio, Anthony Sherwin, de 23 anos, foi encontrado morto, também na sexta-feira, numa área arborizada do parque com um ferimento de bala, alegadamente autoinfligido.

Mitch Mortvedt, diretor assistente da divisão de investigação criminal do Departamento de Segurança Pública de Iowa, disse à agência Associated Press que o motivo do ataque ainda é desconhecido.

“Não sabemos o que levou a isso, o que o precipitou”, disse Mortvedt, acrescentando que até agora “a investigação não revelou nenhuma interação inicial” entre a família e o suspeito.

Adam Morehouse, irmão de Sarah, disse que a família não tinha qualquer ligação com Sherwin e por isso acredita que o tiroteio foi um “ato completamente aleatório”.

O debate sobre a posse de armas nos EUA reabriu-se nos últimos meses, depois do tiroteio em 24 de maio em uma escola de Uvalde, no Estado do Texas, onde morreram 19 crianças e duas professoras, e de um ataque supremacista branco em 14 de maio, em Buffalo, no Estado de Nova Iorque, que provocou 10 mortes.

Já em 4 de julho, durante o desfile do Dia da Independência em Highland Park, uma cidade ao norte de Chicago, um homem disparou sobre os participantes, matando sete deles e ferindo outros 39.

O Presidente norte-americano Joe Biden assinou em 11 de julho uma lei destinada a fortalecer a regulamentação das armas de fogo, a mais importante em quase 30 anos, aprovada graças ao acordo entre democratas e republicanos.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados