Ouvir música pode ajudar a aliviar a dor aguda

CNN Portugal , DCT
9 ago, 08:00
Música [Reuters]

Estudo mostra que esta técnica é mais eficaz com temas que as pessoas reconhecem e gostam

Ouvir uma música promove não apenas uma maior sensação de bem-estar, como pode mesmo ser uma forma de controlar a dor aguda, aquela que é persistente mas que dura há menos de 12 semanas. A conclusão é de um recente estudo publicado na PLOS ONE e que dá mais uma dica: gostar da música aumenta o seu efeito.

A investigação liderada por Claire Howlin, da Queen Mary University of London, no Reino Unido, dá conta de que as pessoas que sofrem de dor aguda e que acham que têm um maior controlo sobre a música que ouvem experienciam um maior alívio da dor do que aquelas que não se envolvem com a melodia que escutam.

Neste estudo participaram 286 pessoas com dor aguda e todas tiveram de avaliar a sua dor antes e depois de ouvir uma música. A música foi dividida em duas versões de complexidade variável. A versão da música que cada um ouviu foi escolhida de forma aleatória, mas a uma parte do grupo foi dada a sensação de que tinham tido alguma influência na escolha musical. E foi aqui que a equipa de Howlin notou o efeito: a sensação de controlo - que acontece facilmente quando se conhece ou gosta da música - está associada a um maior alívio da intensidade da dor.

Diz ainda o estudo que os participantes que ouvem música com frequência beneficiam ainda mais dos seus efeitos. Em causa está o facto de sentirem controlo naquilo que ouvem e que, por norma, são músicas que escolhem.

“Agora sabemos que o ato de escolher a música é uma parte importante dos benefícios de bem-estar que encontramos ao ouvir música. É provável que as pessoas ouçam com mais atenção ou com mais cuidado quando escolhem a música”, explica a autora, citada pelo Science Daily.

Relacionados

Ciência

Mais Ciência

Patrocinados