Professores do Ohio vão poder andar armados nas escolas após 24 horas de treino

4 jun, 20:12
População de Michigan homenageia as vítimas do tiroteio na escola

Medida também abrange outros funcionários escolares. Sindicatos dos professores e polícias do estado opõem-se

Os professores e funcionários escolares do estado norte-americano do Ohio vão poder andar armados nas escolas após receberem uma formação de 24 horas.

Os defensores da medida, proposta poucos dias após o massacre de Uvalde, que vitimou 21 pessoas, alegam que irá permitir uma redução da gravidade e da frequência dos tiroteios nas escolas.

"Em situações de emergência nas nossas escolas, os segundos importam e as tragédias podem ser evitadas", referiu o republicano Thomas Hall, membro da Câmara dos Representantes do Ohio e apoiante da medida, em comunicado.

O governador do estado, Mike DeWine, também republicano, já garantiu que irá promulgar o diploma.

Entre os opositores estão os sindicatos de professores e o principal sindicato dos polícias do estado do Midwest, alegando que só contribuirá para tornar as escolas mais inseguras para as crianças.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados