Jovem identificado como atirador do Dia da Independência em Chicago detido em operação stop

António Guimarães , Notícia atualizada às 00:50
4 jul, 23:01

Robert E. “Bobby” Crimo III foi detido por volta das 00:50 (hora portuguesa)

As autoridades norte-americanas divulgaram a identidade do atirador que matou pelo menos seis pessoas e feriu mais de 20 em Highland Park, nos arredores de Chicago. Trata-se de Robert E. “Bobby” Crimo III, um jovem de 21 anos que estará a conduzir um carro prateado de 2010, sendo que a polícia também divulgou a matrícula e a marca da viatura. Cerca de hora e meia depois, por volta das 00:50 (em Portugal), o suspeito foi detido pelas autoridades.

O anúncio foi feito por um porta-vos da polícia, que acrescentou que Robert E. “Bobby” Crimo III foi intercetado numa operação stop. O jovem ainda tentou fugir, mas foi detido após uma curta perseguição.

O atacante estava em fuga, sendo que foi encontrada uma arma perto do local onde se ouviram os disparos, numa altura em que várias pessoas participavam num desfile que assinalava o Dia da Independência dos Estados Unidos.

Segundo o agente Lou Jogmen, vários agentes estão a tentar encontrar o suspeito, que a polícia divulgou que pode estar "armado" e ser "perigoso".

"É considerado armado e perigoso", referiu o responsável.

As autoridades divulgaram, entretanto, uma fotografia do suspeito. Robert E. Crimo III estará a utilizar uma t-shirt branca ou azul

Robert E. Crimo III (Polícia Highland Park)

O jovem terá realizado o ataque a partir de um terraço, onde, munido com uma espingarda que entretanto foi encontrada, começou a disparar sobre a multidão.

As imagens que chegam da cidade de Chicago mostram uma autêntica caça ao homem, com vários agentes das forças especiais e também do FBI a patrulharem a zona.

Entretanto, e para ajudar nas buscas, o FBI criou uma plataforma onde populares podem colocar informações e dicas sobre o tiroteio, ao mesmo tempo que uma linha de apoio foi aberta.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados